21ª Bienal de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil

A+ a-
postado em 28/02/2019
Conheça os/as artistas participantes

A Associação Cultural Videobrasil e o Sesc São Paulo anunciam a lista de 55 artistas e coletivos participantes da 21ª Bienal de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil | Comunidades imaginadas, exposição e programa público de eventos dedicados à produção do Sul Global, que acontece entre 9 de outubro de 2019 e 2 de fevereiro de 2020 no Sesc 24 de Maio, em São Paulo.

Ao todo, 2.280 artistas de 105 países inscreveram obras na convocatória da 21ª Bienal. Formada pela diretora artística Solange O. Farkas e pelo trio de curadores Gabriel Bogossian, Luisa Duarte e Miguel López, a equipe curatorial foi responsável pela seleção, bem como pela escolha dos artistas convidados. Participaram ainda do júri de seleção os curadores Alejandra Hernández Muñoz, Juliana Gontijo e Raphael Fonseca.

Veja abaixo a lista completa de participantes, disponível também no site oficial da Bienal.

ADRIAN BALSECA, Equador
AHMAD GHOSSEIN, Líbano
ALBERTO GUARANI, Brasil
ALTO AMAZONAS AUDIOVISUAL, Brasil
ANA CARVALHO, ARIEL KUARAY ORTEGA, FERNANDO ANCIL, PATRÍCIA FERREIRA PARA YXAPY, Brasil
ANDREA TONACCI, Itália / Brasil
ANDRÉ GRIFFO, Brasil
AYKAN SAFOGLU, Turquia / Alemanha
BRETT GRAHAM, Nova Zelândia
CHAMECKILERNER, Brasil / Estados Unidos
CLARA IANNI, Brasil
CLAUDIA MARTÍNEZ GARAY, Peru / Países Baixos
DANA AWARTANI, Arábia Saudita
ELLIE KYUNGRAN HEO, Coreia do Sul / Reino Unido
EMO DE MEDEIROS, França / Benin
ERIN COATES, Austrália
EZRA WUBE, Etiópia / Estados Unidos
FEDERICO LAMAS, Argentina
GABRIELA GOLDER, Argentina
GEORGE DRIVAS, Grécia
GEORGES SENGA, República Democrática do Congo
HIWA K, Iraque / Alemanha
HRAIR SARKISSIAN, Síria / Reino Unido
JIM DENOMIE, Estados Unidos
JONATHAS DE ANDRADE, Brasil
JULIA MENSCH, Argentina
KÖKEN ERGUN, Turquia
LUIZ DE ABREU, Brasil
MARILÁ DARDOT, Brasil
MARTON ROBINSON PALMER, Costa Rica
MAYA SHURBAJI, Síria
MEGAN-LEIGH HEILIG, África do Sul / Bélgica
MOHAU MODISAKENG, África do Sul
MÔNICA NADOR, Brasil
MOVIMENTO DE LUTA NOS BAIRROS, VILAS E FAVELAS, Brasil
NATALIA SKOBEEVA, Rússia / Reino Unido
NELSON MAKENGO, República Democrática do Congo
NIDHAL CHAMEKH, Tunísia / França
NILBAR GÜREŞ, Turquia / Estados Unidos
NO MARTINS, Brasil
NOÉ MARTÍNEZ, México
OMAR MISMAR, Líbano
PAUL ROSERO CONTRERAS, Equador
PAULO MENDEL E VITOR GRUNVALD, Brasil
RONEY FREITAS E ISAEL MAXACALI, Brasil
ROSANA PAULINO, Brasil
SADIK AFRAJI, Iraque / Países Baixos
TANG KWOK HIN, China
TERESA MARGOLLES, México
THANH HOANG, Vietnã
THIÉRRY OUSSOU, Benin / Países Baixos
TIECOURA N’DAOU, Mali
TOMAZ KLOTZEL, Brasil
VOTELGBT, Brasil
XIMENA GARRIDO-LECCA, Peru

Os participantes concorrem a sete prêmios, concedidos por um júri internacional:

  • Prêmios de residência – Três residências artísticas (passagem, acomodação e per diem) de oito semanas cada para apoio e produção de uma obra inédita em um dos parceiros da rede de Residências Videobrasil:
    • Instituto Sacatar (Ilha de Itaparica, Bahia, Brasil): Programa internacional de residências, oferece a cada um dos selecionados um quarto,  um estúdio de trabalho, refeições e suporte logístico. Recebe artistas de todas as idades, nacionalidades e disciplinas
    • Residency Changdong MMCA (Seul, Coreia do Sul): Administrada pelo Museu Nacional de Arte Moderna e Contemporânea da Coreia (MMCA), uma plataforma para experimentação e relacionamento entre artistas, curadores e acadêmicos
    • Sharjah Art Foundation Residency Programme (Charjah, Emirados Árabes Unidos): Não apenas um local de reflexão e exploração, mas um ponto de intercâmbio e inserção no circuito contemporâneo do Oriente Médio, o programa amplia as possibilidades de diálogo entre os moradores, a comunidade local e a cena cultural da região
  • Prêmio Estado da Arte – Prêmio em dinheiro para a melhor participação de artista ou grupo
  • Prêmio Sesc de Arte Contemporânea – Dois prêmios em dinheiro para obras de artistas brasileiros. As obras passam a integrar o Acervo Sesc de Arte Brasileira
  • Prêmio O.F.F. – Prêmio em dinheiro oferecido pelo Ostrovsky Family Fund para um/a artista com investigação original sobre a imagem em movimento