Vive e trabalha na Bahia.

Produz vídeo desde 2002. Em 2005, foi curador do I Circuito de Arte Eletrônica da Bahia – Empuxo. Já trabalhou com entalhe em madeira, joalheria, gravura, teatro e cenografia, cursou filosofia e fundou o ateliê coletivo Casa de Nômades, dedicado à estamparia.