PRÊMIOS

Com o intuito de estimular e fomentar a produção artística do Sul Global, a 22ª Bienal Sesc_Videobrasil oferecerá prêmios em dinheiro e/ou em programa de residência a artistas ou coletivos apontados/as/es por um júri internacional, integrado por profissionais de circuitos diversos da arte contemporânea. O resultado da premiação será divulgado durante a semana de abertura da Bienal. Serão concedidos os seguintes prêmios em dinheiro, com valores a serem informados em data próxima do evento:

• Prêmio Estado da Arte: contempla o trabalho que for considerado pelo júri o mais instigante, potente e significativo do evento. O prêmio pode ser dado a obra em qualquer linguagem, produzida por artista ou coletivo de qualquer procedência.

• Prêmio Sesc de Arte Contemporânea: contempla obras de destaque na exposição da 22ª Bienal, produzida por artistas e/ou coletivos do Brasil que passarão a integrar o Acervo Sesc de Arte.

• Prêmio O.F.F.: oferecido pelo Ostrovsky Family Fund, contempla um/a artista participante, de qualquer nacionalidade, que apresente uma investigação original sobre a imagem em movimento.

Serão concedidos, ainda, prêmios de residência artística, que garantem a artistas períodos de residência em instituições parceiras do Programa de Residências Videobrasil, a serem divulgadas antes do evento. Os prêmios incluem passagem aérea, acomodação e per diem durante as residências, que têm duração de oito semanas e deverão ser realizadas no período de 2024 a 2025.

A organização da Bienal poderá atribuir, em conjunto com outras parcerias, prêmios especiais, que serão divulgados posteriormente. Artistas ou coletivos premiados/as/es na 22ª Bienal receberão o Troféu Panoramas do Sul, criado por artista de renome no cenário nacional.
PRÊMIOS